sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Monstrinhos


"Monstrinhos" é uma história horrível, eu sei. Violenta, trágica e chocante. Nada a ver com a beleza e a inocência das crianças. Nem sei como fui criar uma coisa tão repulsiva!... Talvez algum psicólogo possa explicá-la como uma forma de lidar com os temores e ansiedades da paternidade, algo que eu enfrentava na época. Bem, seja como for, acho que acabei me dando bem como pai. Meus filhos são adultos e eu os amo tanto agora quanto quando os tive em meus braços pela primeira vez.

Para baixar, clique aqui.

2 comentários:

  1. Sensacionala!esta 2061,e a mesma que eu me recordava de um meteoro,excelente!
    podia fazer um post,falando mais de sua formação como artista,suas influencias as escolas que passou,uma galeria de capas feitas por voce nos anos 80 na editora press[saudosa!],lembrei-me de outra historia incrivel sua uma tal de androide ela teve sequencia?!

    ResponderExcluir
  2. "O Último Androide" vai aparecer aqui no blog, futuramente. Não teve sequencia, pois ele acaba com todos os sobreviventes humanos. Grato pelas sugestões.

    ResponderExcluir